30 de set de 2011

Dragon ball N° 1





  Passeando pela bienal em busca de alguns livrinhos e quadrinhos a preço de banana...olhei as principais bancas e nada encontrei, longe de mim ir à bienal para comprar as aventuras do super man ou seus similares, eu tava era em busca de preciosidades (por isso fui logo nos primeiros dias do evento).
no primeiro dia que fui tava com uma dor de cabeça infernal e por isso sem paciência de procurar livros ou quadrinhos, fui diretamente nos que tinha anotado para comprar e pimba!.. comprei as velhas e óbvias pedidas: livros de arquelogia, filosofia e história. nada além do normal, mas o segundo dia foi incrivel, encontrei esse precioso número UM de Dragon ball, edição lindissima, cheio de aquarelas e tudo que adoro.   esse vou gardar com muito carinho e ciume, folhear o primerio de uma longa saga como esta é emocionante. além do mais akira toryama povoou a minha infância com os games que ilustrou, quadrinhos e animações que produziu!

3 comentários:

Leandro Crudi disse...

Cara, lindão esse mangá do DB. Bem que todos os mangás poderiam ser coloridos. Eu tenho uma edição do Vagabond mas as três primeiras páginas de cada capitulo é colorida.

Ednei Assis disse...

Na bienal aqui do Rio, nos últimos dias, a Comix tava dando descontos de até 50% em cima do valor que ela começou nos primeiros dias... pena eu não estar com tanto dinheiro disponível. Comprei o q deu! Mas na próxima eu vou surtar, to criando um fundo pra trazer tudo o que der pra trazer nas costas. Nessa foi só uma mochilinha, na próxima ( 2 anos :( ) vai a mochila e a bolsa de viajem hahaha!!!

Roger Vieira disse...

pois é leandro, os mangás são produzidos num ritmo frenético demais, os caras tem prazos curtíssimos pra fechar uma edição, infelizmente não dá tempo de colorir. eu sou louco pra por as mãos em Ghost in the Shell, tem muita coisa colorida manualmente naquele mangá. não sei pq, mas os artistas que moram no interior do japão tem a necessidade de mostrar serviço...e nós ganhamos lindas obras com isso!
^^

rsrsrs sim Ednei, é muita coisa que tem lá, não dá pra comprar nem a metade do que queríamos né?!
mas eu fui no essencial. os últimos dias realmente são os melhores, mas as edições raras já estão esgotadas..o jeito é economizar por dois anos e mandar ver em todos os dias do evento.